88.3k
LEITURAS

NUTRIÇÃO

8 alimentos que causam gases em cães

Equipe Petiko

Equipe Petiko
15/10/14

Gases em cães: a alimentação pode ser a principal causa.



Eles são normalmente silenciosos, mortais e são capazes de esvaziar uma sala. Uma das possíveis causas do excesso de gases em cães são alguns alimentos que são difíceis de serem digeridos.

Você pode ajudar a manter o estômago do seu cachorro funcionando corretamente evitando que ele coma alguns alimentos.


#1 Ração estragada

gases em cães

A ração seca e molhada podem estragar e causar mau estar estomacal no seu cachorro. Nós todos sabemos como é ruim uma dor de barriga. Certifique-se de manter o controle da data de validade. Armazenar a ração seca em recipientes que não estejam bem fechados não é aconselhável. E também não é aconselhável guardar a ração úmida por muito tempo após aberta.


#2 Alimentos à base de soja

soja

A soja é um alimento com alta taxa de proteína e pode ser muito saudável e versátil para o nosso consumo, mas para os cães ela pode causar alguns problemas. O estômago do cachorro não é eficiente para quebrar as proteínas da soja, o que pode ocasionar gases. Uma dica é verificar se a ração ou os petiscos que você oferece ao seu cachorro possui na sua composição grãos de soja.


#3 Leite e derivados

leite_e_derivados

A maioria dos seres humanos têm a sorte de poder desfrutar de produtos derivados do leite, sem quaisquer efeitos colaterais. Mas muitos cães são intolerantes à lactose, e irão ter problemas digestivos e consequentemente gases se ingerir muito leite (ou derivados). Para muitos cães, um pequeno pedaço de queijo oferecido eventualmente é inofensivo, mas o excesso de alimentos à base de leite devem ser evitados.

#4 Brócolis

gases em cães

Esse é um dos melhores vegetais para nós, seres humanos, mas para os cães podem causar efeitos desagradáveis. O brócolis contém grandes quantidades de fibras solúveis, que não podem ser rompidas até atingir o intestino grosso. Uma vez lá, o brócolis, finalmente, passa a ser digerido por completo, resultando ocasionalmente em excesso de gases nos cães.

#5 Sobras do nosso almoço/jantar

gases em cães

O sistema digestivo dos cães não consegue lidar com todos os alimentos que estamos acostumados a comer. Enquanto alguns alimentos humanos são inofensivos para o seu cão, outros não são. Então, não é prudente alimentar seu cachorro com sobras, e um dos efeitos colaterais pode ser os gases.

Veja: Alimentos humanos que podem ser oferecidos aos cães

#6 Ervilhas

ervilha

Os açúcares naturais da ervilha já são suficientes para causar o excesso de gases em cães. E a ervilha também contém fibras solúveis, outro fator que contribui para a produção de gases nos cães.

#7 Feijão

feijao

Ele tem teores elevados de alguns açucares que não são fáceis de digerir, pois o estômago dos cães não tem um enzima necessária para quebrá-los. O feijão também contêm fibras solúveis, que produz excesso de gases enquanto ele está sendo digerido no intestino. Feijão não é tóxico para os cães, mas devido a alguns efeitos colaterais comuns, ele acaba sendo um alimento não recomendado para o seu cachorro.


#8 Rações de má qualidade

gases em cães

Rações de baixa qualidade são muitas vezes feitas com ingredientes “menos selecionados” e com abundância de conservantes. Muitos cães não terão problemas com essas rações, mas se o seu cachorro está mostrando alguns sinais de intolerância, tente mudar a ração para uma de qualidade superior (peça orientação ao seu veterinário). Mas certifique-se de realizar a troca de maneira gradativa. A troca brusca da ração pode acarretar problemas maiores.


eva-bull


Veja mais artigos do Petiko: