6.2k
LEITURAS

NUTRIÇÃO

Ração pra gato, ração pra cachorro e comida de gente, cada um no seu quadrado!

Mariana Benitez Fini

Mariana Benitez Fini
18/03/14

O post de hoje é sobre nutrição de cães e gatos, uma coisa suuuper importante na hora de garantir a saúde do seu bichinho. Você sabia que comida de gato é só pra gatos e que comida de cachorro e só pra cachorro? E que comida de gente faz tão mal pro seu bichinho quanto uma dose de Mata-Paiol?

Não? Então acompanhe!

Você encontra no mercado (pet shops, supermercados, casas agropecuárias….) uma infinidade de rações industrializadas. Tem desde aquela de R$ 1,50 o kg, até as especiais para cardiopatas, hepatopatas, gatos de vida livre, diets, vegetarianas… e por aí vai.

Cada uma delas é elaborada para atender um público alvo diferente, possui ingredientes especiais (por exemplo, uma ração formulada especialmente para animais com doenças no fígado, possui um alto valor energético, evitando que o fígado tenha que catabolizar proteínas, o que pode contribuir pra progressão de uma hepatopatia) ou não possui determinados ingredientes (proteína animal na ração vegetariana, por exemplo).

A ração, tanto do cão quanto do gato, é elaborada pensando única e exclusivamente nestas espécies. Cada uma possui a quantidade certa de proteínas, lipidios (ou lipídeos…), carboidratos, vitaminas… ou seja, fornece tudo aquilo que seu bichinho precisa comer, de forma balanceada.

A comida humana tem uma composição diferente, além de que, os temperos são super prejudiciais aos animais. Em geral são muito mais calóricas e gordurosas levando à obesidade, problemas cardíacos e sobrecarregando o fígado, e outras “coisas más”. Você quer isso pro seu amiguinho peludo?

Outra coisa que eu já vi acontecer muito e tenho vontade de chorar cada vez que eu vejo, é gente dando comida de gato pro cachorro, de cachorro pro gato… de passarinho pro hamster, de hamster pra salamandra, da salamandra pro ferret… Genteee!! Piedade! Cada espécie tem uma necessidade nutricional diferente! Por exemplo, a ração de gato contém taurina (um aminoácido essencial ao gato) e uma dose menor de magnésio bem como uma dose maior de proteínas que a ração do cão, por isso a gente costuma dizer que a ração do gato “é mais forte” que a do cão. Ao dar comida de cachorro pro seu gatinho, você vai deixar seu animal mais fraco, pois não vai fornecer a quantidade necessária de proteinas e gordura, vai ter um animal propenso a uma obstrução do trato urinário (que pode ser fatal!) e digestão inadequada (ração de cachorro possui uma quantidade maior de amido, que não é digerido pelos gatos), dentre outras coisinhas desagradáveis.

Por outro lado, quando você resolve que vai dar ração de gato pro seu cachorro, também estará contribuindo para uma série de problemas de saúde no pobre cãozinho.

Por isso que é de extrema importância que o seu animal coma a ração adequada a ele, sem exageros e principalmente sem consumo de doces, refrigerantes e bebidas alcoólicas (ou você vai dizer que  não tem um tio/irmão/pai/avô maluco que deu cerveja pro cachorro?).

Aí, eis que surgem as dúvidas, os protestos e os “mas, mas…”:

Mas, ele pede!  O que é que eu vou fazer? Deixar meu bicho passar vontade? Coitadinho! Que crueldade!

Ok. Imagine você ali, no churrasco em família, a carne assada, a fumacinha com aquele cheiro de dar inveja nos vizinhos, o pagodinho rolando e a cerveja gelada. Seu filho de 6 anos vira pra você e diz: “papai/mamãe, posso dar uma bicada na sua cerveja?!” Você vai: a) deixar seu filho tomar um porre, filmar e colocar no Youtube ou; b) dizer “Nem pensar!” e deixar o “coitadinho passando vontade”? Pois é, com o cachorro é a mesma coisa. Passar vontade não mata ninguém.

ração de cachorro e ração de gato

Ah, mas meu cachorro gosta taaaanto de chocolate!…

Mais uma vez, se você deixasse aposto que seus filhos viveriam tranquilamente só de sorvete, chocolate e bolacha Passatempo (eu pelo menos viveria!). A questão é: você iria deixar?! Ou ia dizer “Opa! Não! Não pode. Faz mal”. Mesma coisa.

Hah! Eu dou chocolate, coca-cola, comida da vovó e arroz doce pro meu cachorro desde sempre. E ele nunca ficou doente.

Mas vai ficar. =)

Meu cachorro não come ração! Ele não gosta! Por isso eu dou arroz, feijão, bife acebolado e ovo frito, que ele adora!

Hum. Estamos diante de um caso de mimo canino. Mais uma vez… sejamos malvados. O cachorro não é burro a ponto de morrer de fome só de pirraça! Se você já experimentou mudar de ração, misturar a ração seca com ração úmida (aquelas de latinha) e nada disso funcionou, é hora de apelar. Deixe a ração ali no lugar de sempre e espere. Um dia ele come, porque o cachorro não é nem burro nem nada pra morrer de fome desse jeito. Mas atenção! Gato quando não gosta da ração morre de fome, sim! No caso de gatos o negócio é ir trocando de ração e misturando com ração úmida até que ele ache uma ao seu gosto.

Meu cachorro teve uma doença intestinal/alergia/etc etc e o veterinário passou uma dieta a base de arroz, legumes e carne. Isso é errado?

Não é segredo pra ninguém que eu jogo no time dos veterinários… Então, se seu veterinário falou, siga a receita a risca. Eu tive um cachorro que tinha uma dieta assim. O único problema é que ele era um dog alemão e comia quase 1kg de arroz por refeição…. Mas, lembre-se! Siga a receita do seu veterinário, não acrescente nada, não tire nada e não tempere. “Nem um salzinho?” Não!

Eu dou leite pro meu cachorro e ele adora, faz mal?

Aí rolam altas controvérsias. Tem gente que diz que pode, tem gente que diz que não pode, mas isso depende muito do cachorro. O caso é que o cachorro pode ser intolerante à lactose (que nem acontece com algumas pessoas, mas nos cães a “chance” dele ser intolerante à lactose é maior) aí o máximo que acontece é uma diarréia. Caso o cachorro não tenha diarréia após tomar leite, não tem problema nenhum em oferecer leite pro seu cãozinho. Só vale ressaltar que o leite não deve ser a única fonte de alimentação do cachorro (exceto filhotes) e, de preferência, que seja leite integral.

E frutas? Meu cachorro adora uma frutinha (ops no bom sentido!).

Mal não faz. Mas também não faz bem. Na verdade, pros cães as frutas podem ser um “agrado”, um “mimo”. Melhor do que oferecer biscoito e chocolate! Os cães não precisam receber frutas na sua dieta (e os gatos não costumam gostar de frutas). Se você quiser oferecer frutas como agrado ao seu cãozinho não tem problema nenhum. Mas muito cuidado com a fruta! Frutas ácidas (laranja, limão, abacaxi…) não são indicadas e outras como o mamão (que pode “soltar o intestino”) também devem ser evitadas. De resto, sem problemas. O cachorro gosta? Pode dar.

Claro que cada caso é um caso. Seu cachorro come ração e amanhece cheio de bolinhas verdes? Seu gato está perdendo pêlo e cacarejando que nem um galo? Seu cachorro só come jaca com iogurte? Consulte um veterinário. Seu bichinho agradece.