3.7k
LEITURAS

COMPORTAMENTO,DICAS

Gato e a Árvore de Natal: cuidados para evitar acidentes

Carlos Gabriel Dias

Carlos Gabriel Dias
01/12/14

Dicas valiosas para diminuir os riscos de acidentes entre o seu gato e a Árvore de Natal.


O natal começa cada vez mais cedo. Pode até existir uma data exclusiva para enfeitar a casa para o natal, mas quase sempre nos influenciamos pelas decorações nos shoppings e propagandas na televisão. Nossa já é natal! E, assim, no primeiro final de semana livre montamos a árvore de natal.

No entanto, durante toda esta ocasião alegre, um ar de olhos curiosos analisa cuidadosamente todos os detalhes. Os detalhes com reflexos, movimentos repetitivos ou até o fato de serem novos detalhes no ambiente são absurdamente atrativos para o dono do par de olhos: o seu gato.

A árvore de natal é um playground potencialmente estimulante para os gatos. A tarefa inicial é informar ao gato que aquela estrutura que se destaca na decoração, com braços que se movem balançando, estruturas brilhantes e divertidas não é para ele. Não são incomuns luzes que serpenteiam a estrutura e brilham em um ritmo estimulante. Como não ser um brinquedo para gatos?

Vale à pena ressaltar que muitos gatos ignoram a árvore de natal após algumas investigações, mas outros requerem mais contato.



Gato e a Árvore de Natal

Dicas:

A primeira dica é montar a árvore aos poucos. A novidade vai aparecendo aos poucos, mas quem quer montar a árvore aos poucos?

Outra dica é, no momento que aparecer a árvore, aparecer também um brinquedo novo e bastante estimulante. Assim, podemos desviar a atenção do gato para longe da árvore de natal. Vale colocar a árvore em um quarto ou varanda isolada, o que depende do local onde você vive.

Lembrem-se sempre dos comportamentos específicos dos gatos: estar em superfícies altas para sentirem-se confortáveis e seguros e, também, marcação visual através de marcas de unha. Se a árvore pode ser um veículo para o exercício destes comportamentos, fornecer um poste de arranhar, um playground para gatos e prateleiras pode ser algo interessante.

Se existem mais gatos, o cuidado é redobrado, não deixe as lâmpadas acessas sem supervisão e não utilize enfeites que quebram e formam pedaços pontiagudos e perigosos. Fitas, cordas e fios devem ser aplicados com cautela para que não sejam ingeridos pelos curioso de bigode.

Brigar ou esguichar água quando o gato estiver perto da árvore pode apenas causar aversão à árvore na sua presença. Punições desmedidas podem gerar frustração e ansiedade. Produtos repelentes específicos para gatos encontrados em estabelecimentos pets ou pendurar um sache perfumado na base da árvore pode ser interessante para alguns gatos ficarem longe.

Não se esqueça de tirar mesas, mesinhas, apoiadores, cadeiras próximas da árvore para evitar que sejam utilizados para investidas desastradas. Uma árvore bem fixa ou presa no teto pode ser uma ideia interessante para evitar uma catástrofe. E atenções voltadas para velas acessas para o espírito do natal!

Gato e a Árvore de Natal


Dr. Carlos Gabriel Dias


Faça parte do Petiko: poste fotos do seu bichano, tire dúvidas e ajude outros membros da comunidade. Cadastre-se agora

Veja mais artigos do Dr. Gabriel no Petiko: